Lifesolic - Preserva Massa Muscular

O composto bioativo do Lifesolic™ é o ácido ursólico (50%), é um composto 100% natural, e é um tipo de ácido carboxílico purificado de plantas naturais encontrado em alguns tipos de frutas, tendo efeitos comprovados por pesquisadores americanos, podendo destacar-se a inibição do acúmulo de gordura corporal, a redução da resistência à ação da insulina por meio do Fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1 (IGF-1), atenuação da atrofia muscular, ação anti-câncer, ação antioxidante, e efeitos anti-inflamatórios.


Por: R$119,00


Ver parcelamentos no Crédito

Simular Frete

LIFESOLIC – PRESERVA MASSA MUSCULAR E REJUVENESCE OS MÚSCULOS

 

O composto bioativo do Lifesolic™ é o ácido ursólico (50%), é um composto 100% natural, e é um tipo de ácido carboxílico purificado de plantas naturais encontrado em alguns tipos de frutas, tendo efeitos comprovados por pesquisadores americanos, podendo destacar-se a inibição do acúmulo de gordura corporal, a redução da resistência à ação da insulina por meio do Fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1 (IGF-1), atenuação da atrofia muscular, ação anti-câncer, ação antioxidante, e efeitos anti-inflamatórios.

 
Como o Ativo LifeSolic aumenta pode aumentar e preservar a massa Muscular?

Alguns estudos identificaram que o composto bioativo do LifesolicTM pode auxiliar na prevenção da perda de massa e atrofia muscular e incentivar o crescimento do músculo esquelético. Também pode ser capaz de reduzir a gordura acumulada no corpo e prevenir a obesidade.

A hipertrofia muscular esquelética é conhecida pelo aumento da área de secção transversa do músculo esquelético a partir da biossíntese de novas estruturas envolvidas na contração muscular, sendo uma das principais adaptações geradas no músculo com o estímulo da atividade física.

O treinamento de força é responsável pelo aumento de alguns fatores anabólicos como a insulina, IGF-1 e miosinas e pela atenuação de genes relacionados à atrofia e catabolismo muscular. Diversos estudos já demonstraram que a elevação do IGF-1 induzida pelo exercício, pode regular a hipertrofia muscular e a força muscular, e tem sido fortemente associada aos níveis de miosinas como a irisina.

 

A síntese proteica é regulada em muitos níveis e envolve vários mecanismos de sinalização intracelular. Dentre os mecanismos intracelulares que controlam a síntese proteica, a via sinalizada pela serina/treonina quinase - Akt (também conhecida como proteína quinase B - PKB) apresenta um papel chave neste processo. A fosforilação e ativação da Akt são conhecidas por uma variedade de estímulos, como fatores de crescimento, citocinas e hormônios, de maneira dependente da fosfatidilinositol 3 quinase (PI3K). A estimulação dessa via também é responsável pela inibição dos fatores de transcrição FoxO, relacionados à degradação proteica e atrofia muscular.

 

A irisina é uma miosina que foi identificada em 2012 em um estudo realizado no Instituto do Câncer Dana-Farber, na cidade de Boston. Inicialmente acreditava-se ser secretada exclusivamente pelo tecido muscular, sendo posteriormente comprovada que também é secretada pelos adipócitos e exercer importante função autócrina e endócrina, ao mediar os efeitos benéficos sistêmicos do exercício físico no metabolismo. Durante o treinamento físico, quando há um aumento da demanda energética, ocorre o aumento da expressão de PGC-1α (armazenada em maior quantidade nas mitocôndrias do tecido branco do organismo). A PGC-1α é uma proteína coativadora, que regula a transcrição de genes em resposta a estímulos nutricionais e fisiológicose sabe-se que ela também desempenha papel importante ao mediar os efeitos benéficos do exercício. Após ser secretado o hormônio irisina atinge o tecido adiposo branco (TAB) através da circulação sanguínea estimulando a produção da enzima UCP-1, que leva a conversão do tecido branco em marrom. A ação do hormônio irisina sobre as mitocôndrias do tecido adiposo regula o metabolismo, aumentando o gasto energético e convertendo o tecido branco em marrom.

O composto bioativo do Lifesolic™, o ácido ursólico, mostra-se promissor no combate ao câncer, devido a uma capacidade de suprimir o crescimento de novos vasos sanguíneos que geralmente levam as células de câncer a crescerem e se multiplicarem através da divisão celular.

 

Benefícios:

·       Ativo 100% natural;

·       Ganho de massa muscular;

·       Inibe o acumulo de gordura;

·       Tem ação antioxidante (efeito rejuvenescedor);                            

·       Ajudar a prevenir a atrofia muscular (perda de músculos); 

Nunca utilize medicamentos ou suplementos sem a orientação de um médico, farmacêutico ou nutricionista. Este suplemento pode ser prescrito por nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Para melhores esclarecimentos sobre a indicação, posologia e contra-indicação, por favor nos consulte.

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
    Ruim           Bom
• Ativo 100% natural;
• Ganho de massa muscular;
• Inibe o acumulo de gordura;
• Tem ação antioxidante (efeito rejuvenescedor);
• Ajudar a prevenir a atrofia muscular (perda de músculos);
LIFESOLIC...........................300mg
Excipiente q.s.p.............1 cápsula
(REQ 128554)
Tomar 3 cápsulas(300mg) ao dia de 8/8hrs.
*Essa dosagem corresponde à 450 mg de ácido ursólico.
3 meses após data de Manipulação.
01. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
02. Imagens meramente ilustrativas.
03. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
04. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
05. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. 06. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
07. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças e animais domésticos.
08. Este produto não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. 09. Este produto não deve ser utilizado durante o período de amamentação sem orientação médica.
10. Embora não exista contraindicação relativa à faixa etária, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.
11. O produto deve ser ingerido e não mastigado.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bang et al. Ursolic Acid-Induced Elevation of Serum Irisin Augments Muscle Strength During Resistance Training in Men. Korean J Physiol Pharmacol., v.18, 2014
Kunkel et al. Ursolic Acid Increases Skeletal Muscle and Brown Fat and Decreases Diet-Induced Obesity, Glucose Intolerance and Fatty Liver Disease. Plos One, v.7, 2012.
Yu et al. Suppression of muscle wasting by the plant-derived compound ursolic acid in a model of chronic kidney disease. Journal of Cachexia, Sarcopenia and Muscle, 2016.
Bakhtiari et al. Ursolic acid ameliorates aging-metabolic phenotype through promoting of skeletal muscle rejuvenation. Med Hypotheses. 2015

Produtos relacionados